Veja como é fácil organizar as finanças do seu negócio com esse método (em 8 passos)

organizar as finanças

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Tendo dificuldades em organizar as finanças da sua empresa? No artigo de hoje, vamos mostrar um método que vai te ajudar com esse problema.

Um dos assuntos que mais damos importância nesse blog, é sobre as questões financeiras. Muitos empreendedores (e futuros empreendedores) de pequenas e até médias empresas, encontram muitas dificuldades em organizar as finanças.

Esse é um dos pontos onde o gestor não pode errar. Quando falamos de dinheiro, fica claro que empreendedores devem saber como administrá-lo da melhor forma. Será através dele que a empresa irá se manter na busca por seus objetivos, poderá pagar suas contas, os salários dos colaboradores, entre outros.

Trouxe um método em 8 partes, extremamente eficiente que vai fazer a sua empresa evoluir muito com as questões financeiras. Você vai descobrir que não existe “segredo” em administrar o financeiro do seu negócio, apenas seguindo nossas dicas, a sua empresa já encontrará uma “luz”.

Método de organizar as finanças

Para ficar mais claro e didático, vou dividir esse método em partes, evidenciando com detalhes a melhor forma de organizar as suas finanças. Assim você pode descobrir se sua empresa está fazendo algo errado ou se não está aproveitando ao máximo as formas de gerir os seus recursos financeiros.

Parte 1: Separe as contas pessoais das contas da empresa

Vamos começar por um ponto que é muito negligenciado (principalmente) em pequenas empresas, que é não dividir as contas da empresa das suas pessoais. Dessa forma, sem essa separação, será muito difícil organizar as finanças.

Aprenda a separar a pessoa física da pessoa jurídica, assim você poderá cuidar em separado de cada uma. Não deixe que as contas da empresa interfiram no seu dia a dia fora dela, e nem utilize o dinheiro voltado para você pagar as contas do seu empreendimento. 

O que recomendamos para todo empreendedor é que ele tenha seu próprio salário. Com isso, essa separação será mais clara e objetiva.  

Parte 2: Crie um orçamento empresarial

Ter um orçamento empresarial vai garantir um controle total sobre o financeiro da empresa. Assim como em uma receita de bolo, saber as quantidades exatas de cada ingrediente (valor destinado para cada área) vai garantir um resultado “doce”. 

É no orçamento empresarial que se define quanto valor será redirecionado para cada área, com isso a empresa terá controle de quanto (e quando) será necessário. 

Separando assim os tipos de contas, como por exemplo, valor destinado a pagamento de fornecedores, valor para os salários dos colaboradores, valor voltado para investimentos, entre outros.

Parte 3: Controle o fluxo de caixa

Registrar de forma precisa as entradas e saídas de dinheiro do caixa da empresa, será fundamental para a organização. Com esse controle será possível controlar a origem e destino dos recursos financeiros.

Além disso, será possível ter um caixa projetado, considerando os recebimentos a curto, médio e longo prazo. Controlar o fluxo de caixa de maneira eficiente, irá possibilitar ao empreendedor gerir os seus recursos de uma forma organizada e verdadeira.

Parte 4: Capital de giro

Será muito importante que a empresa tenha um capital de giro, para momentos onde não existam entradas de dinheiro. Garantindo uma saúde financeira para a empresa. O ideal é que a empresa tenha um capital de giro próprio, evitando recorrer a empréstimos para sanar suas dívidas. 

A não organização das finanças vai dificultar e muito o capital de giro. Imprevistos ocorrem em qualquer empresa, infelizmente mesmo fazendo tudo certo, ainda assim problemas acontecem. 

Uma das formas de garantir que isso não afete a saúde da empresa é ter um capital de giro. Sempre tenha uma “gordura” para queimar. Temos um artigo excelente sobre capital de giro, que além do capital de giro próprio, você vai descobrir outras formas e com elas fugir de empréstimos a juros abusivos.

Parte 5: Tenha certeza de estar acompanhando de perto as finanças (e outros setores da empresa)

Criar formas de controlar o dinheiro será excelente, porém será necessário fazer um acompanhamento preciso, evitando surpresas desagradáveis. Na gestão financeira, utilize o máximo de indicadores e análise de dados para estar (definitivamente) no controle. 

Esses dados vão além de apenas acompanhar informações sobre o setor financeiro, outros setores podem ter um impacto muito grande nesse sentido, como por exemplo, o controle de estoque e a projeções de vendas trazem dados que são muito relevantes para projeções, acompanhamento e organização das finanças.

Parte 6: Busque reduzir os custos

A economia de dinheiro trará mais dinheiro para a empresa, isso é simples. Dessa forma, cabe a gestão identificar e corrigir gastos desnecessários. As grandes empresas tiveram sucesso, pois aprenderam a gerir seus recursos da melhor forma.

Otimizar os gastos irá garantir muito mais dinheiro para investimentos, para ter um capital de giro mais robusto e até para sanar antigas dívidas. Cabe também ao gestor encontrar alternativas mais baratas (sem esquecer da qualidade) para as necessidades da empresa. 

Mover parte ou a empresa inteira para o coworking, por exemplo, irá garantir uma economia gigante no aluguel. Negociar com fornecedores para descontos e prazos maiores, também é uma excelente maneira de economizar. Além de tomar muito cuidado com gastos tidos como pequenos e irrelevantes, na somatória final, eles podem significar cifras relevantes.

Parte 7: Invista de forma planejada

Investimentos são escolhas excelentes para uma empresa crescer, mas não é pode isso que eles devem ser feitos de “qualquer” forma. Fazer investimentos sem um planejamento adequado pode desorganizar totalmente as finanças de qualquer empresa.

Os investimentos devem ser feitos, levando em conta fatores como: situação financeira da empresa e projeções financeiras sobre o futuro da empresa. Apenas após uma análise detalhada é que a empresa deve decidir se é a hora certa de investir, e o mais importante, se está investindo seus recursos no lugar certo.

Parte 8: Tecnologia

Quando falamos em organização de dinheiro, muitos novos empreendedores logo imaginam planilhas de Excel (ou outro programa semelhante) com números e tabelas como sendo uma forma precisa de controlar e organizar suas finanças.

Embora seja um método bastante barato, pode não ser a melhor opção para administrar seu dinheiro e empresa. Existem cada vez mais, programas voltados para atender as necessidades das empresas, os mais completos já englobam o controle financeiro com todos os mecanismos de gestão.

Aposte em um programa que irá ajudar você (ou quem cuidar do financeiro da empresa) a ter um controle total de tudo que foi mostrado neste artigo. Garantindo uma economia de tempo, dados precisos e relevantes sobre seu empreendimento.

Organizar uma empresa será muito mais fácil com um programa automatizando os lançamentos e controles, além de garantir informações atualizadas na hora que a gestão precisar analisar os dados.

Conclusão

Agora que explicamos esse método, aplique em seu empreendimento e veja como é simples organizar as suas finanças seguindo nossas dicas. Com as finanças bem administradas e com saúde financeira, será muito mais simples para a empresa se desenvolver e crescer cada vez mais.

Para mais artigos sobre finanças e empreendedorismo, continue acompanhando nosso blog. Além disso, recomendamos que se inscreva no nosso canal no YouTube, temos excelentes vídeos para empreendedores e para quem busca empreender.

Compartilhe esse artigo em suas redes sociais, para levar informação para mais pessoas. Nos vemos em breve!

Mais artigos

Capa Blog_Novo ano, novas metas

NOVO ANO, NOVAS METAS

Um novo ano quase sempre carrega aquele sentimento de força e recomeço: temos 365 novas chances de agir de maneira assertiva e

LOCAÇÃO DE SALAS

Na SMART Escritórios inteligentes, em nossos ambientes de coworking, temos resultados reais de clientes que já economizam 90% em custos para sua empresa.

/ ESCOLHA SMART E TENHA OS MENORES CUSTOS

Salas Alto Padrão

Contratação online, sem burocracia

Localização Estratégica

Capacidade para até 150 pessoas

Projetor | TV LED

Café, chá e água à vontade

Ar Condicionado

Rede Wi-FI com link dedicado

ENDEREÇO FISCAL

Com o SMART FISCAL, temos resultados reais de clientes que já economizam mais de R$ 4.000,00 por mês em custos para sua empresa.

/ ESCOLHA SMART E TENHA OS MENORES CUSTOS

Adesão 100% Online

Endereço Fiscal/Comercial

Gestão de Correspondências

Descontos

Localização Estratégica

Escritórios de Alto Padrão

Clube de Vantagens

Sem Mais Taxas

COWORKING

Inaugurada em 2014, a SMART Escritórios Inteligentes foi criada com
o propósito de democratizar o acesso a escritórios executivos de alto
padrão, com planos acessíveis e agilidade na contratação.

/ ESCOLHA SMART E TENHA OS MENORES CUSTOS

Adesão 100% Online

Endereço Fiscal/Comercial

Gestão de Correspondências

Descontos de 20%, 40% e 70%

Localização Estratégica

Escritórios de Alto Padrão

App Smart

Sem Mais Taxas